Wróciliśmy

Por aqui esteve parado, paradíssimo por tanto tempo que posso até ver uma bola de feno passando neste momento.

Mas não aflija esse coraçãozinho tão pequeno e cheio de artérias, nós voltamos, agora para ficar, porque aqui é nosso lugar!

Não posso garantir muita coisa dessa nova fase do ‘Pare o Mundo que Eu Quero Escrever’, porque está sendo tudo muito novo até para esta minha pessoa gordinha! Sei que tem novidades lindas e muitas surpresas! 

Mas, o que posso garantir é a sinceridades em cada palavra escrita neste lugar onde mora gente feliz!

Te convido a todos os dias dar uma passadinha aqui, só para dar um ‘oi’, trazer uns cupcakes também é válido.

Entre, sente e fique à vontade só não encoste em nada por favor… 

O diabo veste prada: a moda nas telonas

Eai, galerinha. Como é que vocês estão? Eu vou muito bem, obrigada. Bom, chega de papo e vamos ao que interessa, certo? Certo.

Pois muito bem, hoje falarei sobre o figurino de uma das personagens principais de um dos meus filmes favoritos (e vocês vão ver muito aqui ainda eu falando que o filme x é meu filme favorito, não se assustem, eu tenho muitos favoritos haha), enfim, falaremos sobre os looks m a r a v i l h o s o s da Andy Sachs, do filme O Diabo Veste Prada. ❤

So, let’s start!

1

Eu, como boa amante da moda não poderia deixar de começar o post com esse look medonho que a Andy usa em um dos seus dias de  escrava trabalho antes da ascensão fashionistica. Vou falar primeiro da saia, que é a coisa mais visível na foto: Deus, por que, por que existe essa coisa? Parece algo que minha avó usaria, oh dear God, why??? E esse suéter azul celeste? A cor é ok, adoro azul, mas o suéter, nem tanto… Esse cachecol marrom de bolinhas também não rola. A luva despensa comentários, por motivos evidentes. O sobretudo é uma cor ok, por que é básica, mas as únicas coisas que realmente salvam são a meia-calça e o sapato que ela ganhou do Nigel ❤ Esse segundo look é tipo “OOOOOOOOOOH *-*”. Esse foi o primeiro look que ela apareceu usando depois da transformação, e deixou a Emily e a Serena (a.k.a Gi Linda Bündchen) de queixo caído quando ela entra na redação com esse tapa no visu, e realmente, ela sambou na cara das recalcadas. Esse vestido (até hoje não descobri se é realmente um vestido), com essa blusinha de lantejoulas por baixo, e essa bota Chanel over-the-knee é muito amor. ❤ Destacando o cabelo divino que ela aderiu, essa franjinha é uma graça e sempre que vejo tenho vontade de ter franjinha de novo.

2

O primeiro look dessa foto é o look que ela usa quando a Miranda diva percebe que ela mudou o visual e está, finalmente, parecendo uma Runway’s girl. E ela está linda, linda, linda. O vestido é lindo, a bota é linda, os colares são lindos, e o trench coat é maravilhoso. A segunda foto o look é uma graça também, toda trabalhada no branco. Essa boina é uma graça, o trench coat branco é maravilhoso, e esse sapato com uma pegada retrô?? Divo. E destaque para a luva. Muito amor ❤ Acho que é um acessório completamente feminino, uma graça.

3

Esse primeiro look devo confessar que me lembra muito os looks da Rachel Berry de Glee nos tempos de nerd dela. Acho liiiiiiiindo de morrer esse trench coat verde esmeralda, com gola e manga de animal print. Um luxo. Sapato perolado fofo. Adoro esse segundo look da foto, é um dos meus looks favoritos dela no filme. Acho lindo esse vestido mullet. A bolsa meio dourada, meio chumbo perolado é linda. E o sapato puxando pro mesmo tom da bolsa. Um amor.

4

Esse vestido foi o que a Andy usou na festa beneficente da Runway. A-do-ro ele. Ela ficou maravilhosa. Ele é perfeito e a renda na manga é o que dá aquele quê de delicadeza e feminilidade ao vestido. O penteado dela também é amor. Não dá pra ver nessa foto, mas tem uma flor branca no penteado dela, o que é um charme. Esse segundo look é lindo também, esse trench coat de tricô é fofo. O chapéu estilo anos 20 é uma graça (e me lembra as melindrosas). A unica coisa que me incomoda é essa bota caramelo, porque essa cor não me agrada muito, mas fora isso, tá linda.

5

E por ultimo, mas não menos importante o meu look favorito da vida nesse filme, o look que ela usou na festa de comemoração da parceria do James Holt com a Runway em Paris. Tive que dar destaque especial pra ele (mentira, foi só porque eu não achei uma foto do jeito que eu queria)porque ele é muito amor. Esse vestido é tipo: sonho! Essa saia rodada enche meus olhos de lágrimas de amor porque ela é simplesmente linda. Esse bolero por cima do vestido caiu como uma luva, adoro o fato dele deixar o colo a mostra. E por falar em luvas, olha ela ai de novo, sempre um charme. E atenção a maquiagem e ao cabelo da Andy que estão impecáveis, e convenhamos que com essa boca bem delineada e cheia, o batom vermelho fica um espetáculo à parte.

6

Achei essa foto perdida na internet de bonecas inspiradas nas personagens principais. Gente, essa Miranda está identica a Meryl Streep. Quero pra já! Muito amor ❤

Para tudo que o coração não aguenta, está semana por pura coincidência pois já tinha escrito este post (sério) li está noticia:

Revenge Wears Prada: The Devil Returns (ou “A Vingança veste Prada: O Diabo Retorna”, em português), tem capa aprovada e começa a ser vendido no dia 4 de junho ao preço camarada de US$ 15,76 (cerca de R$ 32). As encomendas do livro-sequência escrito novamente por Lauren Weisberger podem ser feitas pelo site da Amazon americana.

Podem dar pulos de alegrias pessoal porque a continuação também nas telonas está sendo cogitada \o/

prada1

Bom, é isso. Espero que tenham gostado. Até semana que vem 🙂

Dia Internacional do Livro Infanto-Juvenil

Hoje dia 02 de abril é Dia Internacional do Livro Infanto-Juvenil!

E eu não poderia deixar essa data passar sem relembrar os livros que marcaram minha infância e adolescia, não vou citar todos porque naquela época consegui ler um livro a cada três dias… Tempos bons que não voltam mais.

Bem, aposto que esses livros também fizeram parte de sua vida e se não fizeram, nunca é tarde para ler, tenho certeza que vão conquistar vocês assim como me conquistaram.

Momento nostalgia no blog. ADORO:

Imagem

A Ilha do Tesouro – Robert L.

Esse sim eram piratas de verdade! Recomendo para quem surte um suspense.

Imagem

Turma da Mônica – Mauricio de Souza

Ok, ok, não é bem um livro, mas lembro de ter criado gosto pela leitura com os gibis da Mônica, uma lembrança que nunca vou esquecer: Meu pai comprando cerca de 100 gibis de um vizinho nosso, estava dentro de uma caixa a maioria cheia de traças, sem capas, emprestei a maioria e hoje só me restaram míseros 20 gibis e 2 almanaques, e desses eu não desfaço nem por todo dinheiro do mundo.

Fizeram parte da minha infância, e vão fazer pare de minha infância de meus filhos, netos, bisnetos…

Imagem

Coraline – Neil Gaiman

Vou ser honesto, algumas crianças talvez possam se assustar com este livro, mas eu, que desde os 6 anos assistia “Exorcista”, foi conto de fadas. É um suspense muito bom, existe até uma animação já do livro, para os pais mais precavidos que querem conhecer a história antes de deixarem seus filhos lerem.

Imagem

Artemis Fowl – Eion Colfer

Com ele aprendi a gostar de vilões…

Imagem

Harry Potter – J.K. Rownling

Dos 9 aos… Até hoje? Harry Potter sempre foi minha série de livros preferida, a primeira vez que emendei o dia com a noite, que deixei de dormir e fui direito para escola não foi por uma balada, ou por ficar na “net” como muitos adolescentes da minha época, foi por que, precisava terminar só aquele capitulo… rsrs.

Imagem

Senhor dos anéis – J. R. R. Tolkien

Me julgavam já por eu gostar muito ler, agora imagina uma gordinha estranha com um livros com mais de 1000 páginas debaixo do braço, é isso galera eu consegui emprestado na época a trilogia inteira em um livro só, e só digo uma coisa se você nunca lei Senhor dos Anéis perdeu meu respeito!

Existia mais livros, livros é que não faltaram na minha infância, a maioria eram emprestados, alguns que estão aqui são emprestados desde a minha infância e é eu não vou devolver rsrs.

Amanda Moreira

Aprendiz de criança.

Pare o mundo que eu quero mais moda

Tentando agradar a todos os 5 leitores do blog, convidei a uma incrível menina de cabelos negros e de grande estilo para realizar semanalmente uma coluna de moda aqui no blog, ela vai falar de como a moda está intimamente também ligada aos livros, cinema e fotografia.

Bem vinda ao blog Belisa Simões :] e Pare o mundo que queremos mais moda!

Oi, eu sou a Belisa e postarei aqui semanalmente uma coluna sobre moda! Não sou nenhuma expert no assunto, porém eu  amo esse mundinho meio louco. Meus posts terão ligação com a literatura, filmes e séries, 3  coisas que amamos, certo? Certo!

E pra estrear  eu não poderia deixar de comentar e compartilhar com vocês os looks do Oscar 2013 (mesmo já fazendo um mês que aconteceu, hehe), a maior e mais aguardada premiação do cinema.

Para começar:

Imagem

Charlize Theron vestindo Dior. Bem minimalista esse vestido, achei bonito. Com peplum que é tendência (meio passada, mas ainda é) e eu acho lindo, na foto não dá pra ver mas no peplum tem pedrinhas (diamonds? talvez.. Rihanna mandou um beijo) ela estava lynda, phyna e com cara de ryca, mas saudades do cabelo comprido, apesar disso ficou perfeito esse topete com o vestido.  Catherine Zeta-Jones vestindo Zuhair Murad, toda trabalhada no dourado estatueta, achei bonito, gostei, mas não foi amor a primeira vista e sim a quinta rs. A estampa do vestido é de efeito espelhado, outra tendência. Amanda Seyfried vestindo Alexander McQueen, achei bem bonito o vestido (de novo a estampa “espelhada”), achei que tem um quê de clássico, porém a cor foi infeliz, acho que ela ficou apagadinha. Mas ainda assim, estava bonita.Imagem

Adele vestindo Jenny Packham, pretinho básico de sempre, cabelo pin up de sempre, maquiagem retrô de sempre, nada que nos surpreenda. Mas achei que ficou bonita e mesmo com a fórmula de sempre, ela não erra. Nicole Kidman vestindo L’Wren Scott. Estava linda, toda trabalhada no paête (adoro um brilho), gostei desse detalhe dourado no busto mas nem tanto do dourado na barra, achei estranho essa estampa espelhada (olha ela ai de novo). Jessica Chastain vestindo Armani Prive. Linda! É a unica coisa que eu consigo pensar. Apesar de a cor do vestido ser quase da cor dela, achei que ela acertou na escolha. Contrastou com o cabelo M A R A V I L H O S O dela. E esse batom vermelho está divino (sou suspeita para falar de batom vermelho).

Imagem

Kristen Stewart vestindo Reem Acra. KStew, o que houve com você? Que vestido é esse? Se não fosse esse tule brotando na cauda, e parecer que você foi na loja, olhou o vestido, colocou ele na frente do seu corpo olhando no espelho e disse: é esse mesmo que vai. Meu Deus!! Ele estava totalmente estranho, não estava nada ajustado ao seu corpo. Fiquei decepcionada, esperava um Elie Saab, ou pelo menos um vestido ajustado. Giuliana Rancic vestindo Rafael Cennamo. Minha apresentadora favorita do E!, esperava ve-la com um vestido vermelho já que ela fica magnifica, mas fica para a próxima, talvez. Vestido bonito, ela estava bonita mas, não amei. Apesar disso, adorei o cabelo, deixou ela com uma aparência mais jovem. Alicia Vikander vestindo Elie Saab. Ah, Elie Saab, nunca nos decepciona. Alicia querida, você merecia uma estatueta apenas pela sua escolha de vestido. A cor deixou ela parecendo uma boneca, e a estampa espelhada de renda ficou linda. Adorei esse cintinho marcando a cintura, o cabelo clássico, make leve. Tava bonita, tava gata! Tá no meu Top5 Favoritos.

Imagem

Reese Witherspoon vestindo Louis Vuitton. Não gostei. Não sei o porque já que o vestido é de uma cor que eu acho divina, mas não gostei. Achei esse detalhe preto no busto estranho, o corte do vestido estranho, a cauda estranha. E esse laço em cima do seio esquerdo não rolou. Kelly Rowland vestindo Donna Karan Atelier. Apenas fiquei de queixo caido. Vestido lindo, modelo diferente, cores clássicas, e fenda. Uma mistura que resultou, na minha humilde opinião, em um vestido perfeito. Parabéns Kelly, você arrasou. Anne Hathaway vestindo Prada. Anne, WHAT THE FUCK você estava pensando quando escolheu esse vestido? Eu sei que você ia usar um Valentino lindo, mas que mudou as pressas porque iam usar um vestido parecido. Mas me diga, querida Anne, você que está sempre na lista das mais bem vestidas, PORQUE ESSE PRADA? É de chorar lágrimas de sangue. Acho que deixei bem clara a minha opinião com relação ao vestido: terrivel! Parece uma camisola. Odiei. Apesar de tudo, cabelo lindo. Acho que combina com ela esse curtinho despojado.

Imagem

Agora vamos falar de coisa boa, vamos falar das TekPix minhas favoritas.  (Nem dá pra perceber que eu adoro brilho né?)

Imagem

Naomi Watts vestindo Armani Prive. Com toda a certeza que possa existir nesse mundo, Naomi foi a minha favorita nesse Red Carpet. Quando vi esse vestido quase cai para trás, e chorei lágrimas de amor. Ela estava simplesmente magnifica, uma deusa do olimpo! Esse decote com recorte diferente é muito amor. E o vestido sendo de paête ficou perfeito. O cabelo maravilhoso, make impecavel. Linda! Stacy Keibler vestindo Naeem Khan. Essa Stacy é uma danada, nunca erra! Tava linda, tava gata, tava deusa do olimpo também! O vestido todo cravejado, com estampa espelhada, o cabelo clássico mas fugindo do old Hollywood de todos os dias eventos e a make incrivel! Sandra Bullock vestindo Elie Saab. Sandroca, você estava mais diva ainda nesse vestido! Estava impecável, estava classica, estava linda! Adorei! Halle Berry vestindo Donatella Versace. Halle, você me surpreendeu, e foi positivamente. Porque convenhamos que no Golden Globe você fez uma escolha infeliz. Mas meu bem, você tava gata nesse vestido. Luxo total. Quando eu vi, me apaixonei.

Enfim galerinha, espero que tenham gostado. É isso, até semana que vem! 🙂

Belisa Simões

Crianças, brinquedos e suas culturas

Navegando pelo lindo mundo da imaginação, encontrei no blog  Chongas uma ideia simples e ao mesmo tempo criativa do fotografo italiano Gabriele Galimberti, o cara passou 18 meses viajando o mundo neste projeto que ele chama de Toy Story.

O projeto tem o objetivo de mostrar crianças e seus brinquedos. Fiquei muito impressionada com a carga cultural que as crianças conseguiram mostrar com seus brinquedos.

Africa do Sul

África do Sul

Suécia

Suécia

Quênia

Quênia

Nicarágua

Nicarágua

México

México

Marrocos

Marrocos

Malaui

Malaui

Malásia

Malásia

Líbano

Líbano

Letônia

Letônia

Itália

Itália

Itália

Itália

Islândia

Islândia

Indonésia

Indonésia

Índia

Índia

Haiti

Haiti

Filipinas

Filipinas

EUA

EUA

EUA

EUA

Egito

Egito

Costa Rica

Costa Rica

China

China

Austrália

Austrália

Argélia

Argélia

 

Obs.: Uma coisa é ser nerd, outra é ser foda e brincar com um cubo mágico igual o menininho da China. Aposto que ele conseguiu resolver o cubo em 1 dia… Só com uma mão….

 

Amanda Moreira

Aprendiz de Chinesa 

Elenco de “A menina que roubava livros” é definido

Sucesso absoluto de público e de crítica, A menina que roubava livros chegará ao cinema. O novo clássico do escritor australiano Markus Zusak permance há 280 semanas na lista de mais vendidos do New York Times. O sucesso no Brasil também perdura: são mais de 2 milhões de exemplares comercializados.

Com estreia prevista para 2014 nos Estados Unidos (segundo site IMDb), a adaptação será dirigida por Brian Percival (Downton Abbey). A inesquecível Liesel Meminger será interpretada pela atriz franco-canadense Sophie Nélisse, estrela do indicado ao Oscar Monsieur Lazhar. Geoffrey Rush (indicado ao Oscar por O discurso do Rei) e Emily Watson (Anna Karenina) viverão seus pais adotivos.

 

Imagem

Emily Watson, Sophie Nelisse e Geoffrey Rush

 

Fonte: http://www.intrinseca.com.br/site/2013/02/definido-elenco-de-a-menina-que-roubava-livros-o-filme/

O simples gostar

Gosto do seu sorriso, sem mostrar muito os dentes de baixo. Gosto de como você me abraça e parece que nada no mundo pode me atingir mais. Gosto de como você me inspira. Gosto do fato de você acreditar mais em mim do que eu mesma.

Acho extremamente engraçado quando eu tiro alguns pelinhos da sua sobrancelha e você reclama como se fosse ter um filho.

Gosto de ouvir você falar da origem do seu sobrenome: “É italiano” e como seria bom se fosse rico: “Mas talvez, se você fosse rico nunca teríamos nos conhecidos”. Você da um sorriso meio de lado que de certo modo me assusta.

Gosto de você torcer por outro time que não seja o meu e gosto mais ainda quando meu ‘verdão’ humilha o seu ‘timeco’.

Gosto de te ver pensando e de ficar tentando pescar cada ideia pelos seus olhos.

Sinto um pouco a falta do romantismo, mas gosto como você recompensa com carinhos, e me mima sempre que pode. Gosto de você não se importar de como e quando, vamos nos casar e simplesmente querer ficar comigo sempre não importando os meios.

Gosto quando você canta horrivelmente “Pretinha”.

Gosto de lembrar como começamos a namorar.

Gosto de fingir que sei ler sua mão, mesmo ficando com medo quando vejo que sua linha do amor é tão pequena. Eu gosto que você se faça de durão, que finja que não se preocupa com muitas pessoas, mas nunca deixa de dar esmola.

Gosto quando você fala do nosso futuro como se ele estivesse mais perto que o presente.

Gosto quando ganho de você no truco. Gosto quando tenta fazer meus problemas parecerem pequenos perto dos seus, mesmo eu achando muitas vezes que não são. Não gosto do fato de você sempre achar que está certo, mas gosto quando provo o contrário.

Gosto quando peço alguma comida, baixinho no seu ouvido e você tenta arranjar para mim.

Gosto do seu otimismo e mesmo sem religião gosto da sua fé.

Gosto do meu nome, mas você insiste em não usa-lo.

Não gosto de chorar, mas quando choro, gosto que você esteja por perto.

Gosto quando me faz cócegas na moto, mesmo pensando que um dia ainda batemos em um poste. Gosto quando tenta me proteger e gosto do fato que você vai sempre tentar, pois vou continuar confiando nas pessoas.

Eu acho que até gosto mais de você do que de bolo de chocolate.

Amanda Moreira,

Aprendiz de gente que gosta.